Agenda
Em breve.
Mailing
Cadastre-se e receba promoções, agenda e novidades diretamente no seu e-mail.
E-mail:
Rodrigo Maranhão

Rodrigo Maranhão nasceu no Rio de Janeiro em 7 de setembro de 1970.

A primeira experiência musical foi no bloco Cada Ano Sai Pior, formado por seu pai e amigos em Petrópolis, região serrana do Rio. Talvez isso explique a paixão pela batucada e pelo carnaval, que viria explodir tempos depois no Bangalafumenga.

Ao 15 anos, o então jogador de basquete (Rodrigo foi campeão brasileiro e tri carioca jogando pelo Flamengo) começa a dedilhar o violão. O interesse pela música foi pouco a pouco ganhando espaço, e aos 17, abandona de forma precoce a carreira de jogador profissional e resolve estudar música.

Muitos anos de estudo depois, ingressa na Universidade do Rio de Janeiro, onde cursou Bacharelado em Música. A faculdade trouxe uma geração inteira de artistas contemporâneos​, serviu pra inserir o compositor no convívio social e fez surgir uma série de parcerias. Edu Krieger, Ruben Jacobina, Marcelo Caldi, Marcello Gonçalves e Pedro Luís eram alunos na mesma época. Orquestra Imperial, Monobloco, Trio Madeira e Banga passaram por lá de alguma forma.

Vieram Rap do Real e Baile da Pesada, parcerias com Pedro Luís e Fernanda Abreu. O Banga aquecia as pistas. Numa época de vacas magras, havia o mercado independente. CEP 20.000, Humaita pra Peixe, Lapa. Rodrigo e outros loucos resolvem reorganizar a batucada e tocar na ​r​ua. Cordão do Boitatá, Rio Maracatu, Bangalafumenga e Monobloco dão seus primeiros paços. A bagunça estava formada.

Zélia Duncan, Roberta Sá, Verônica Sabino, Antônio Zambujo, Fernanda Abreu, Maria Rita, Banga e Rio Maracatu gravam suas canções.

Veio o Grammy Latino com a música Caminho das Águas, gravada por Maria Rita (2006)​. ​Foi revelação da música brasileira e melhor cantor de música regional (Prêmio Tim de Música, ​A​no Dominguinhos) ​com o CD Bordado (2008)​ e ​melhor grupo - pop/rock (Prêmio da Música Brasileira) ​com o CD Barraco Dourado / Bangalafumenga (2009)​. ​

Prêmio Serpentina de Ouro (melhor música) - Bloco Bangalafumenga (2014)​ e ​

Prêmio Hangar de Música - destaque nacional (2014)​.

​A​qui você pode conhecer o cantor, compositor, violonista, cavaquinista e batuqueiro Rodrigo Maranhão.